ACNUR inaugura exposição sobre refugiados no MIT Point do shopping JK Iguatemi- SP


No campo de Nduta, vivem 125 mil refugiados burundineses. Como há carência de salas de aula, as crianças estudam embaixo de árvores. Há uma professora para cada 200 alunos. Só 7% do apelo do ACNUR para 2017 foi recebido. © ACNUR/Georgina Goodwin.


São Paulo, 10 de julho de 2018 (ACNUR) – O ACNUR, Agência da ONU para Refugiados, inaugurou hoje no MIT Point, loja-conceito da Mitsubishi Motors no Shopping JK Iguatemi, a exposição fotográfica “Faces do Refúgio”, composta por 52 fotografias feitas pelo ACNUR em diferentes partes do mundo.

 

O público conhecerá as principais crises de deslocamento forçado da atualidade causadas por conflitos em países como Síria, Sudão do Sul, República Democrática do Congo e Mianmar, além de histórias de resiliência de crianças, homens e mulheres que enfrentaram graves violações de direitos humanos e buscam uma oportunidade de reconstruir suas vidas. A curadoria da exposição foi realizada pelo ACNUR em conjunto com o Atelier Vanessa Poitena.

 

Dados do ACNUR indicam que mais de 65 milhões de pessoas no mundo encontram-se fora dos seus locais de origem devido a guerras, conflitos e perseguições. O relatório “Tendências Globais”, que reúne dados coletados pelo ACNUR sobre o deslocamento forçado no mundo, foi lançado no dia 19 de junho.

 

De acordo com dados do CONARE (Comitê Nacional para os Refugiados), o Brasil reconheceu até o final de 2017 um total de 10.145 refugiados de diversas nacionalidades. Destes, 5.134 continuam no país na condição de refugiado, sendo que 52% moram em São Paulo, 17% no Rio de Janeiro e 8% no Paraná. Os sírios representam 35% da população refugiada com registro ativo no Brasil. Os demais, que não mantêm a condição de refugiado, podem ter retornado voluntariamente ao seu país de origem por ter recuperado a proteção que antes lhes faltava, ou ainda ter se naturalizados brasileiros, solução duradoura de proteção e integração de um refugiado à sociedade brasileira.

 

Com entrada gratuita, a exposição estará na loja MIT Point, do shopping JK Iguatemi, até 23 de julho.

 

Serviço:

Exposição “Faces do Refúgio”

Data: de 10 a 23 de julho no MIT Point – Shopping JK Iguatemi, Av. Pres. Juscelino Kubitschek, 2041, Piso Térreo

 

Horário de funcionamento: de segunda a sábado (das 10h às 22h) e aos domingos e feriados (das 14h às 20h).

Classificação indicativa: Livre.

Entrada franca.

Contatos de imprensa: Thereza Jatoba, jatoba@unhcr.org, (11) 94018-0719
Fonte:acnurbrasil





Muiltimídia
Vídeo Hino de Madre Assunta CN Notícias: Em Brasília, congregação prepara beatificação de Madre AssuntaConvite para participação na Beatificação de Madre Assunta Encontro Formação Permanente Irmãs Missionárias Scalabrinianas 2015


  HOME

Nossa História

Congregação
Missão
Fundadores
Onde Estamos
Província

Formação

Pastoral Vocacional
Aspirantado
Postulando
Noviciado
Juniorato
Formação Permanente
Sócio-Pastoral

Ação Social
Migração

Educação

Rede de Educação Scalabriniana Integrada
Proposta Pedagógica
Unidades Escolares
Educação Cristã
CESPROM

CESPROM São Paulo
CESPROM Cambucí
CESPROM Vicente Carvalho
CESPROM Jundiaí

Saúde

Pastoral da Saúde
Hospital São José
Santa Casa de Misericórdia
Comunicação

Artigos Downloads
Boletim Partilhar é Viver
Galeria de Fotos
Galeria de Vídeos
Informativo MADRE ASSUNTA
Revista Esperança
Últimas Notícias

Fale Conosco