Festa da Bem-aventurada Assunta Marchetti

“Os últimos dias marcaram o momento mais reluzente daquele astro que se apagava”!

  (Ir. Letícia Negrisolo)

“Veio aqui quase menina, sentiu o chamado divino. Pela terra prometida entregou o seu torrão, entregou o seu destino”.

 

E assim, nossa querida, a Bem-aventurada Assunta Marchetti, no “meio dia de sua existência”, junto ao quadro do Sagrado Coração de Jesus, respondeu com generosidade sem limites, ao chamado de Jesus, feito através de seu irmão, o Venerável Pe. José Marchetti, fazendo-se “Serva dos Órfãos e abandonados no Exterior”, naquele memorável dia, na Capela Episcopal do Bem-aventurado João Batista Scalabrini pronunciou o sim. “Migrante, peregrina, nas terras do Novo Mundo, a dor contemporânea sentida, o clamor dos órfãos guiou sua mão. Mãos laboriosas, mãos que varreram, mãos que cozinharam, lavaram e estenderam. Mãos que pouparam, mãos que entenderam, remendaram, acolheram, protegeram” ... abençoaram, uniram, consolaram, dando vida aos mesmos “sentimentos de Cristo”, que cultivava diariamente no seu coração, diante do Sacrário e do Cristo Encarnado nos órfãos, migrantes e enfermos. Realmente ela se fez irmã com as Irmãs, e Irmã de todos os povos.

A vida de Assunta, “qual tecelão que ia tecendo a sua trama” (Is 38,12), tornou-se uma verdadeira profecia; mulher missionária, aberta ao sopro do Espírito Santo, precursora feminina do carisma scalabriniano. Colocou a mão no arado, sem nunca olhar para atrás, sem voltar à sua querida Itália, mas sempre em frente. Passos largos, derramando misericórdia por onde passava, de Lombrici de Camaiore a São Paulo/Vila Prudente, sua existência foi uma escola de ardente caridade, entrega total, prontidão, generosidade, passando por várias comunidades no interior de São Paulo e Rio Grande do Sul. Podemos dizer que Madre Assunta impulsionou o Processo de constante Reorganização Congregacional, nos momentos mais críticos e significativos, dando a sua contribuição de mãe, mestra, irmã, orientadora, em cada situação específica, para salvar o Carisma e a Missão Scalabriniana.

Contemplando a sua trajetória de luz, especialmente os seus últimos 12 anos na Santa Casa de Mirassol e junto às órfãs na Vila Prudente, podemos afirmar sem dúvida: convivemos com UMA SANTA! Como escreveu Ir. Laura Bondi em sua biografia: “Mirassol, pode-se dizer o canto do cisne da missionária Assunta Marchetti, que parece ser ilimitada na sua caridade e em todas as virtudes que dela derivam”. É o brilho das “Luzes da Ribalta”, que se apagaram a sorrir, mas deixaram o rastro luminoso até hoje. Como o apóstolo Paulo ela pode afirmar: “Combati o bom combate, completei a corrida, guardei a fé” (2 Tm 4,7). Sobre Jesus, ela confessou como Pedro: “Tu és o Messias, o Filho do Deus vivo”, e Jesus testemunhou sobre ela: “Feliz és tu, Assunta, filha de Ângelo e Carolina, pois não foi um ser humano que te revelou isso, mas o meu Pai que está no céu” (cf Mc 16,16-17).

A quem, e a quê, podemos comparar essa Mulher? À casa construída sobre a rocha; ao mercador de pérolas, que vende tudo para comprar a pérola mais preciosa; ao grão de trigo caído na terra, morto para gerar sempre a vida, ou ao grão de mostarda, que foi plantado pelo Semeador Divino e germinou no silêncio. Por isso, celebrar a sua Festa, é celebrar o “Tempo de Graças” em nossa vida pessoal e na História Congregacional. Mais do que apenas alegrar-nos nessa data, para nós fica um apelo e orientação de vida: O que amais e admirais em Madre Assunta, vivei-o profundamente em vosso ser! ” 

Texto elaborado por Ir. Maria Clélia Alves, mscs, por ocasião da festa da Bem-aventurada Assunta Marchetti, Cofundadora da Congregação das Irmãs MSCS,  01/07/2018.





Muiltimídia
Vídeo Hino de Madre Assunta CN Notícias: Em Brasília, congregação prepara beatificação de Madre AssuntaConvite para participação na Beatificação de Madre Assunta Encontro Formação Permanente Irmãs Missionárias Scalabrinianas 2015


  HOME

Nossa História

Congregação
Missão
Fundadores
Onde Estamos
Província

Formação

Pastoral Vocacional
Aspirantado
Postulando
Noviciado
Juniorato
Formação Permanente
Sócio-Pastoral

Ação Social
Migração

Educação

Rede de Educação Scalabriniana Integrada
Proposta Pedagógica
Unidades Escolares
Educação Cristã
CESPROM

CESPROM São Paulo
CESPROM Cambucí
CESPROM Vicente Carvalho
CESPROM Jundiaí

Saúde

Pastoral da Saúde
Hospital São José
Santa Casa de Misericórdia
Comunicação

Artigos Downloads
Boletim Partilhar é Viver
Galeria de Fotos
Galeria de Vídeos
Informativo MADRE ASSUNTA
Revista Esperança
Últimas Notícias

Fale Conosco